20/11/2017 17:52

Educação em parceria com Syngenta e Abrinq promove formação sobre o projeto Escola no Campo

Cerca de 622 alunos da área rural serão favorecidos indiretamente com o desenvolvimento do projeto no município
  • Ascom Prefeitura
  • 14/07/2017 10:58:00


Os professores e coordenadores da Escola Municipal São Cristóvão e da Escola Municipal Fredolino Vieira de Barros participaram ontem (13) da formação presencial do Projeto Escola no Campo (PEC) 2017.

Foram abordados temas relacionados ao conteúdo do projeto, entre eles, a problemática do trabalho infantil, vulnerabilidade social, educação ambiental, bem como uma discussão em torno do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A capacitação ocorreu na sede da Syngenta e foi ministrada pelo psicólogo e técnico da Fundação Abrinq, Thiago Bezerra.

O Projeto Escola no Campo nasceu da parceria entre a empresa Syngenta e a Fundação Abrinq no ano de 2009 e desde então atua em escolas rurais e mais de 110 mil alunos já foram beneficiados. No município, cerca de 622 alunos da área rural serão favorecidos indiretamente com o desenvolvimento do projeto.

“Comecei a estudar aos 21 anos enfrentando desafios, pois meu pai não aceitava que as filhas estudassem. No entanto, desejei vencer o ciclo de analfabetismo e hoje utilizo minha história para motivar meus alunos”, pontuou a professora Loreni Maria, participante da formação.

Ainda, segundo a professora, este trabalho assume um importante papel contra o ‘ciclo de analfabetismo’, vivenciado por ela e exposto no curta-metragem Vida de Maria, apresentado durante a capacitação.

A secretária municipal de Educação, Cleusa de Marco, acrescentou que a secretaria aposta na educação inclusiva e que não basta apenas oferecer acesso à educação, mas antes é preciso dar subsídios aos professores e ofertar ensino de qualidade ao aluno, focado na inclusão social e aproveitamento pedagógico.

“Esta parceria com a Syngenta e a Abrinq é um diferencial na educação, pois funciona de maneira preventiva e além de cumprir a função pedagógica, também atua na conscientização da comunidade escolar acerca das questões ambientais, no combate à evasão escolar e ao trabalho infantil”, concluiu.

Horário de Atendimento 9h às 13h - segunda a sexta-feira
Av. América do Sul, 2500-S - Parque dos Buritis - (65) 3549-8300