12/12/2017 22:40

Prefeito volta de Brasília com novidades para saúde e saneamento

Em pauta na capital federal estavam a situação da UPA, esgoto, repasses de recursos e andamento de projetos já protocolados
  • Ascom Prefeitura/Carolina Matter
  • 07/12/2017 12:50:00


O prefeito de Lucas do Rio Verde, Luiz Binotti, esteve nesta semana em Brasília para tratar sobre diversos assuntos e projetos para Lucas do Rio Verde. Acompanhado do secretário de Saúde, Jean Machado, diretor do Saae, Raimundo Dantas, presidente da Câmara, vereador Jiloir Pelicioli “Mano”, a vereadora Cristiani Dias, o secretário de Política Agrícola, Neri Geller, o presidente da AMM, Neurilan Fraga, e lideranças políticas, a primeira reunião foi com o ministro da Saúde, Ricardo Barros para falar sobre a UPA.

De acordo com o prefeito, foi possível avançar um pouco na questão da Unidade de Pronto Atendimento em conversa com o ministro. “Estamos pleiteando que o ministério entregue a UPA para o município com o objetivo de que o prédio sirva para serviços de saúde. O ministro declarou ser favorável a utilização do prédio da UPA para outros fins da saúde, porém esta decisão precisa passar pelo crivo do Tribunal de Contas da União. Para nós isso é muito importante porque poderemos utilizar o prédio com o Posto Central, por exemplo. Não está nada definido, mas está muito bem encaminhado, esperamos uma resposta favorável”, explicou.

Para Luiz Binotti, a transferência do Posto Central para funcionamento no prédio novo é interessante para o município por ter um custo bem mais baixo que uma UPA. “O custo do Central hoje é de cerca de R$ 500 mil por mês, já a UPA custaria R$ 1 milhão ou até mais mensal, sem contar que com a UPA nós teríamos que ainda implantar o SAMU e também abriríamos atendimento para outros municípios da região”, pontuou o prefeito.

Em Brasília, juntamente com o diretor do Saae, Raimundo Dantas, o prefeito também esteve reunido com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, para tratar sobre saneamento. Em pauta a universalização do esgoto em Lucas do Rio Verde. “O Município já tem um projeto protocolado no Ministério das Cidades e nós estamos trabalhando para conseguir recursos para cobrir esse orçamento que é de R$ 130 milhões, que podem vir por duas frentes: a fundo perdido ou por financiamento. Vamos tentar todas as possibilidades, pois ter saneamento básico é fundamental para a população, é uma questão de saúde pública e um sonhos dos luverdenses”, relatou Binotti.

O diretor do Saae falou sobre o andamento do projeto de universalização do esgoto. “Fizemos um esclarecimento técnico ao Ministério das Cidades, que nos informou que está avaliando mais de 700 projetos do Brasil todo. O volume de projetos é grande e os municípios avançam conforme avaliação de critérios técnicos que são feitos por pontuação. Lucas do Rio Verde não tem nenhuma pendência documental neste momento, porém com o andamento da análise podem surgir novos questionamentos. Com essa parte técnica temos que ser extremamente corretos para avançar na classificação das propostas”, esclareceu Raimundo Dantas.

Para o Saae, com o apoio do secretário nacional de Política Agrícola, Neri Geller, será encaminhado por meio de emenda recurso na ordem de R$ 250 mil para fazer a aquisição de um veículo (van) com laboratório para análise de água.

Em Brasília, o prefeito Luiz Binotti também esteve no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para verificar sobre a liberação dos recursos federais que ainda faltam para concluir as obras do Centro de Educação Infantil Girassol. Com a vinda dos recursos, a previsão é de que a escola esteja pronta para o início do calendário letivo de 2018.

Nesta quarta-feira (06), o prefeito também participou, junto com o deputado federal Xuxu Dalmolin, de uma reunião na Secretaria de Aviação Civil para tratar sobre o Aeroporto Bom Futuro. “Por meio de projeto será possível ter um diagnóstico do que é necessário fazer para melhorar o nosso aeroporto e vamos buscar recursos para colocar iluminação, construir uma nova pista e outras ações”, frisou Luiz Binotti.

Durante a estadia em Brasília, o prefeito recebeu do deputado Xuxu Dalmolin a confirmação de dois consultórios odontológicos para serem implantados em unidades básicas de saúde. Fechando a agenda na capital federal, o prefeito participou de uma reunião na Funai sobre a MT 242 e o término da rodovia, importante corredor logístico mato-grossense.

Na próxima semana o prefeito Luiz Binotti deve ir novamente à capital federal debater assuntos importantes para Lucas do Rio Verde. “Precisamos andar atrás de recursos, que muitas vezes são difíceis de conseguir, mas os recursos existem e nós precisamos encontrar os caminhos para buscar esses recursos que são necessários para o nosso município”, concluiu o prefeito.

 


Fotos:

Horário de Atendimento 9h às 13h - segunda a sexta-feira
Av. América do Sul, 2500-S - Parque dos Buritis - (65) 3549-8300