22/09/2019 01:53:14
https://www.lucasdorioverde.mt.gov.br/site/noticias/7242/

Campanha de proteção à crianças e adolescentes mobiliza entidades em Lucas do Rio Verde

Serão desenvolvidas diversas atividades para a Campanha de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
Por Ascom Prefeitura/Carolina Matter
14/05/2019 14:13:00

(Foto: Ascom Prefeitura/Gabriel Balhone)


Cerca de 250 crianças e adolescentes das escolas participaram na manhã desta terça-feira (14) da abertura oficial da Campanha de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O evento foi realizado na Câmara Municipal e contou com a presença de secretários municipais, servidores, representantes de conselhos e entidades.

Durante o mês de maio, em todo país, órgãos de defesa dos direitos das crianças e adolescentes promovem atividades para conscientizar a sociedade e as autoridades sobre a gravidade da violência sexual. O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio) e toda sua campanha buscam reafirmar a responsabilidade da sociedade brasileira em garantir os direitos de todas as crianças.

Em Lucas do Rio Verde, a campanha está sendo liderada pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social, com apoio das secretarias municipais, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Conselho Tutelar e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-LRV).

De acordo com a secretária de Assistência Social, Lucileide Gurka, a campanha tem o propósito de orientar as famílias, especialmente as crianças e adolescentes, sobre as questões de abuso. “Essa campanha é uma proposta nacional e que seguimos desenvolvendo aqui em Lucas do Rio Verde. Teremos várias ações para atingir o nosso público alvo, orientando as crianças, adolescentes, adultos, familiares, com muito cuidado e responsabilidade”.

A conselheira tutelar, Marcela Xavier de Carvalho, destacou a importância de trabalhar o tema com toda família. “Os números de casos de abuso têm aumentado no município, e não são poucos. Precisamos conscientizar as famílias, pois muitas vezes os pais ou pessoas mais próximas não enxergam o que pode estar acontecendo com seus filhos, com as crianças. É preciso ter um olhar diferenciado, observar com atenção e qualquer dúvida ou percepção de comportamento inadequado ou sinais diferentes, é preciso procurar ajuda, nas polícias e no Conselho Tutelar, que nós podemos orientar”, comentou.

A primeira-dama, Rafaela Frizzo, ressaltou que a proteção é primordial para garantir um futuro saudável às crianças e adolescentes. “Esse é um tema que precisa ser trabalho o ano todo porque nossas crianças estão vulneráveis aos ataques e abusos, é uma coisa que vemos diariamente nos noticiários. Precisamos orientar nossas crianças pra que elas não fiquem em silêncio, para que elas denunciem, pois esse silêncio pode causar ainda mais abusos e traumas. Vamos estar sempre vigilantes com as nossas crianças e adolescentes”, enfatizou.

A abertura da campanha contou ainda com uma homenagem da secretária Lucileide à equipe do Creas e com uma apresentação teatral relacionada ao tema. Participaram as escolas municipais Cecília Meireles, Eça de Queiróz, Menino Deus e Olavo Bilac.

Na programação da semana estão palestras e rodas de conversa nas escolas, PSFs, Cras e Creas, plantio de mudas e apresentação teatral.