27/02/2020 03:22:11
https://www.lucasdorioverde.mt.gov.br/site/noticias/7897/

IPTU terá parcelamento menor por falta de votação do projeto original

Proposta inovadora que previa até 11 meses para pagar terá que ser substituída por outra com prazo mais curto
Por Ascom Prefeitura/Neri Malheiros
03/02/2020 16:38:00

(Foto: Ascom Prefeitura)


A Prefeitura de Lucas do Rio Verde será obrigada a alterar a proposta original de parcelar em 11 vezes o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) porque o projeto, embora tenha sido protocolado na Câmara de Vereadores no dia 29 de novembro de 2019 e tenha sido aprovado pelas comissões, não foi incluído na pauta para votação dentro do prazo que permitiria ser colocado em prática.

Buscando ainda manter a proposta inicial, o Executivo solicitou a realização de uma sessão extraordinária por parte do Legislativo já durante o exercício de 2020 e, segundo o secretário municipal de Finanças, Giovanni Rodrigues, “também não tivemos êxito”. Além disso, destaca, a pauta da sessão desta primeira semana do mês novamente deixou de fora a votação da matéria.     

Conforme estava previsto, o parcelamento em 11 vezes começaria a partir de fevereiro e se estenderia até o mês de dezembro, uma prática comum em grandes centros urbanos que seria implantada como novidade em Lucas do Rio Verde. “O que já era praxe em outros municípios aqui seria uma inovação. Diante da falta de tempo hábil para aprovação na forma original, certamente teremos que preparar um projeto substitutivo”, explica.

Rodrigues ressalta que a Secretaria de Finanças tinha feito um planejamento que beneficiaria as pessoas de menor poder aquisitivo com o aumento do número de parcelas para quitação do IPTU e, ao mesmo tempo, anteciparia o período de arrecadação para o município. “Infelizmente, isso não foi possível por falta de colocar o projeto em pauta. Como a Câmara está voltando agora para o exercício de 2020, vamos tentar retomar o diálogo para que o lançamento do IPTU ocorra para o mês de abril, com a opção de no máximo nove parcelas até o final do ano”, observa.

O vereador Marcos Paulista disse não ter dúvida de que são os cidadãos luverdenses os principais prejudicados quando um projeto como o do IPTU deixa de ser pautado pelo Legislativo. “Dentre os vários projetos importantes que ainda não foram colocados para votação, este do Executivo permitiria que aquelas pessoas que não podem pagar cota única tivessem até 11 meses para pagar. Agora, se for votado em fevereiro ou março, esse prazo será de oito ou no máximo nove vezes. Já temos até o título de ‘Câmara do atraso’ e quem perde com isso é a população”, afirma.  

Para o vereador, cada vez que o presidente do Poder Legislativo deixar de colocar determinado projeto em pauta, estará tirando o direito de seus colegas votarem, seja contra ou a favor de qualquer proposta. “Gostaria que a população fosse mais participativa para acompanhar o que lá acontece e que em vez de ‘Câmara do atraso” fosse dado o título de ‘vereadores do atraso’, nominando aqueles que agem dessa forma”, protesta.   

Outro aspecto ressaltado pelo secretário diz respeito ao amortecimento do impacto da tributação com base na nova planta genérica aprovada, pois se tivesse sido mantido o projeto originalmente previsto para implementação a partir do início do ano, a proposta de escalonamento estabelecia o desconto de 30% no pagamento do IPTU em cota única no primeiro vencimento, em fevereiro, 28% no segundo vencimento, em março, 26% no terceiro vencimento, no mês de abril, e 25% no pagamento efetuado em maio.   

Mais em Lucas do Rio Verde


26/02/2020 16:13:00

Escolinhas esportivas começam na próxima segunda-feira (02)

Podem participar das escolinhas crianças e adolescentes de 7 a 17 anos


26/02/2020 14:26:00

Prazo para renovação ou concessão do Alvará 2020 termina nesta sexta-feira (28)

O alvará de funcionamento é um documento indispensável comprovando que a empresa está apta e autorizada a exercer suas atividades de negócio em um determinado local


25/02/2020 19:55:00

Nota de pesar

A Prefeitura de Lucas do Rio Verde presta condolências aos familiares e amigos de Pedro Luís Pegorini


21/02/2020 17:02:00

Nota de pesar

A Prefeitura de Lucas do Rio Verde presta condolências aos familiares e amigos de Amanda Cerioli


21/02/2020 16:34:00

Servidora mais antiga da prefeitura se aposenta e recebe homenagem

Julita é servidora do primeiro concurso público de Lucas do Rio Verde e tomou posse em 1990


21/02/2020 15:25:00

Prefeitura lança Campanha “Não dê esmola, dê oportunidade”

A campanha tem como principal objetivo despertar na população a conscientização sobre o verdadeiro sentido do ato de dar esmolas


21/02/2020 14:07:00

Lucas do Rio Verde contará com voos comerciais a partir de 09 de março

As passagens já podem ser adquiridas pelo site da empresa Asta Linhas Aéreas


21/02/2020 10:57:00

Gravidez na adolescência é tema de capacitação aos servidores

A ação faz parte do cronograma de ações para conquista do Selo Unicef


21/02/2020 07:54:00

Prefeitura de Lucas do Rio Verde informa sobre funcionamento dos setores no Carnaval

As datas de feriados e pontos facultativos estão previstas no Decreto nº 4.609/2020


20/02/2020 13:25:00

Gestão de Pessoas avança na organização da vida funcional do servidor

Um dos trabalhos é a inclusão das portarias publicadas no TCE-MT


20/02/2020 09:00:00

Inscrições da Corrida pela Preservação da Água seguem até 10 de março

As inscrições para a Corrida pela Preservação da Água devem ser feitas no site www.canaldociclista.com.br