SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

09/02/2023 08:59:10
https://www.lucasdorioverde.mt.gov.br/site/secretaria-noticias?text=educacao&cod=10899

Educação finaliza encontros de acolhimento com pais e professores sobre autismo

Projeto piloto Transformando Experiências em Amor realizou ações durante todo o ano
Por Ascom Prefeitura/ Aline Albuquerque e Rubens Junior
18/11/2022 12:30

(Foto: Ascom Prefeitura/ Rayan Nicacio)


Ajustar tamanho da fonte:

O projeto para acolhimento de pais de crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e professores que atuam diretamente no ensino desses alunos no município foi finalizado, nesta quinta-feira (17), pela Secretaria de Educação de Lucas do Rio Verde. Segundo a pasta, estão matriculados na rede municipal 103 alunos com TEA.  

Nomeado “Transformando Experiências em Amor”, o objetivo da ação foi entender melhor as especificidades do autismo. O foco foi a construção de uma base de apoio para o bom desenvolvimento da criança, seja em casa ou na escola, para enfrentar as dificuldades.

TEA é a sigla para Transtorno do Espectro Autista, um distúrbio do neurodesenvolvimento caracterizado por desenvolvimento atípico, manifestações comportamentais, déficits na comunicação e na interação social, padrões de comportamentos repetitivos e estereotipados, podendo apresentar um repertório restrito de interesses e atividades.

Para encerrar o ciclo de encontros, a vereadora Maysa Leão, de Cuiabá, foi a convidada responsável por ministrar a última palestra desse ano relacionada ao tema. A parlamentar é mãe de uma criança com autismo e uma das figuras no estado engajadas na luta das pessoas com TEA.

“Levar a inclusão para a escola é muito importante, mas não é papel só da comunidade escolar e da rede, é papel também da família. Hoje não temos algo parecido em Cuiabá, de acompanhamento com os pais, esse retorno do que as crianças aprendem na escola, a evolução da criança em casa. Essa ponte família-escola é o que faz a diferença na vida da criança”, pontuou Maysa.

A secretária de Educação, Elaine Lovatel, explica que olhar para as famílias é fundamental, dando espaço e voz para que relatem e troquem suas experiências, incentivando e proporcionando o que for necessário para o ensino e aprendizado dos alunos com autismo.  

“O projeto foi pensado com carinho para o acolhimento aos pais. Além das crianças, precisamos também olhar para essas famílias, para que entre elas compartilhem experiências e desafios e possam ver possibilidades. Um fortalece o outro, o fortalecimento com o filho, com o aluno, fortalece o seu desenvolvimento. Essa junção de olhares vai fazer com que o ensino e aprendizagem deles melhore”, disse a secretária Elaine.

Daniel Pantoja é um dos pais que frequentou os encontros do projeto ao decorrer do ano e celebra a possibilidade de ter esse espaço de troca. “Principalmente a inclusão, me sentia uma pessoa bem isolada. Eu não tinha contato com pais de outras crianças autistas. Trocar experiências, ter contato com pessoas que trabalham na área é muito bom”, destacou o pai.  

Cleane da Silva Batista é uma das mães acolhidas no Transformando Experiências em Amor e conta como foi beneficiada. “Foi maravilhoso, é uma troca de experiências. Vejo que vamos aprendendo cada vez mais porque a gente não sabe lidar e muitas vezes outras mães sabem, e isso nos ajuda no dia a dia”.

Uma das idealizadoras do projeto, Ana Cristina Blessa, assessora pedagógica da Secretaria de Educação que atua na educação especial, recorda o início das ações e o intuito de envolver também as famílias, além da comunidade escolar.

“Observamos esse ano mais de 100 crianças matriculadas e laudadas com autismo. Além da formação, começamos a entender que as famílias também precisavam de acolhimento. Organizamos grupos, rodas de conversa, com a parceria da equipe Anjos da Escola. Ouvimos e acolhemos pais e professores para pensar em quais tipos de ações podemos olhar para o futuro, para pensar e ampliar esse olhar sobre o espectro autista”, completou Ana.  

A Secretaria de Educação estuda implantar para o próximo ano novas ações sobre o TEA, envolvendo famílias e a comunidade escolar.

EDUCAÇÃO

Mais em Lucas do Rio Verde


08/02/2023 11:15

Inscrições para novos integrantes da Banda Musical de Lucas do Rio Verde terminam nesta sexta-feira (10)

Os interessados devem comparecer na sede da Secretaria de Cultura e Turismo para preenchimento da ficha cadastral


07/02/2023 09:22

Lucas do Rio Verde será representada em torneio de robótica no Distrito Federal

Estudantes da rede municipal mostrarão soluções inovadoras por meio de robôs


02/02/2023 15:43

IFMT/UAB está com inscrições abertas para 20 vagas em Pedagogia

Interessados devem se inscrever até o dia 17 de fevereiro


01/02/2023 09:09

Gestão Miguel Vaz convoca mais de 200 aprovados no Concurso Público nº 01/2022

Com 231 novos servidores para a Educação, essa é a maior convocação da história de Lucas do Rio Verde


31/01/2023 10:52

Escolas da rede municipal de Lucas do Rio Verde iniciam aulas no dia 1º de fevereiro

Confira local e data das novas escolas Professora Joice Martinelli Munhak, Professor Marcelino Espindola Dutra e Centro de Educação Infantil Darcy Ribeiro


28/01/2023 19:00

Educadores da rede municipal de Lucas do Rio Verde participam de oficinas para abertura do ano letivo

Evento foi realizado pelo Programa A União Faz a Vida


28/01/2023 15:54

Matrículas da Rede Municipal de Lucas do Rio Verde retornam nesta segunda-feira (30)

Devido à grande procura, Secretaria de Educação abre novas inscrições on-line a partir das 8h


27/01/2023 12:44

Abertura do ano letivo contou com mais de 1.000 educadores de Lucas do Rio Verde

Grande evento organizado pela Secretaria de Educação movimentou gestores escolares de todas as redes de ensino


27/01/2023 11:50

Apresentação do planejamento estratégico aponta maior satisfação do cidadão desde 2016

Em 2022, Município atingiu 86% das metas estabelecidas pelo programa de desenvolvimento do Tribunal de Contas


26/01/2023 14:50

Projeto Nós Podemos Nadar abrirá inscrições para natação infantil

Podem se inscrever crianças com idades a partir de 6 anos e máximo de 17 anos


25/01/2023 10:02

Educação capacita merendeiras e realiza manutenção nas escolas para volta às aulas

Os serviços são de poda de árvore e grama, limpeza predial, higienização das cozinhas e outros espaços